domingo, 28 de junho de 2015

Nem os demônios toleram o pecado do homossexualismo devido à sua origem angélica!

Diálogo de Nosso Senhor Jesus Cristo com Santa Catarina de Sena sobre o pecado do homossexualismo:
“Esses infelizes ... caem no vício contra a natureza. São cegos e estúpidos, cuja inteligência obnubilada não percebe a baixeza em que vivem. Desagrada-me esse último pecado, pois sou a pureza eterna. Ele me é tão abominável que somente por sua causa fiz desaparecer cinco cidades (cfr. Sab. 10, 6). Minha justiça não mais consegue suportá-lo.”

“Esse pecado, aliás, não desagrada somente a mim. É insuportável aos próprios demônios, que são tidos como patrões por aqueles infelizes ministros. Os demônios não toleram esse pecado. Não porque desejam a virtude; por sua origem angélica, recusam-se a ver tão hediondo vício. Eles (os demônios) atiram as flechas envenenadas de concupiscência, mas se voltam no momento em que o pecado é cometido.” (“O Diálogo”: Edições Paulinas, 1984, pp. 259-260)
Meus irmãos, viram como o homossexualismo é terrível aos olhos do Senhor. Sodomismo vem de sodoma, cidade que Deus varreu do mapa, e mais quatro cidades também sumiram, até os demônios não suportam o homossexualismo. Como está no texto acima, os demônios fazem os homens pecarem, mas na hora que o pecado é cometido viram as costas, como os demônios eram anjos, e sua natureza angelical faz com que lhe seja insuportável.

Que diz a Bíblia sobre a homossexualidade?
“Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza; semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro.” (Romanos 1,26-27)
É a homossexualidade um pecado?
  “Não te deitarás com varão, como se fosse mulher; é abominação.” (Levítico 18,22)
Pode uma pessoa que pratica a homossexualidade ir para o céu?
“Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas.” (1 Coríntios 6,9)
Como todos os pecadores, aqueles que praticam a homossexualidade devem se arrepender.
“Para os devassos, os sodomitas, os roubadores de homens, os mentirosos, os perjuros, e para tudo que for contrário à sã doutrina, segundo o evangelho da glória do Deus bendito, que me foi confiado.” (1 Timóteo 1,10-11)
Devemos abandonar qualquer ação de pecado e necessitamos o perdão de Deus.
“E tais fostes alguns de vós; mas fostes lavados, mas fostes santificados, mas fostes justificados em nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus.” (1 Coríntios 6,11)

"Não se deite com um homem, como se fosse mulher. Isso é uma abominação!" (Levítico 18,22)
Genêsis 19,1-25, narra a destruição de Sodoma e Gomorra por Deus devido a prática do sexo entre os homens ( Mesmo sexo ).
Há esperança para aquele que pratica a homossexualidade? 
“Não vos sobreveio nenhuma tentação, senão humana; mas fiel é Deus, o qual não deixará que sejais tentados acima do que podeis resistir, antes com a tentação dará também o meio de saída, para que a possais suportar.” (1 Coríntios 10,13 )
Se você estás praticando a homossexualidade, que deve fazer?

Primeiro, reconhecer o seu pecado.
“Lava-me completamente da minha iniqüidade, e purifica-me do meu pecado. Pois eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim.” (Salmos 51,2-4)
Segundo, pedir que o seu pecado seja perdoado. Deus diz que pode começar uma vida nova.
“Purifica-me com hissopo, e ficarei limpo; lava-me, e ficarei mais alvo do que a neve. Faze-me ouvir júbilo e alegria, para que se regozijem os ossos que esmagaste. Esconde o teu rosto dos meus pecados, e apaga todas as minhas iniqüidades. Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito estável. Não me lances fora da tua presença, e não retire de mim o teu santo Espírito. Restitui-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário.” (Salmos 51,7-12)
Terceiro, acreditar que Deus lhe perdoou deveras e parar de se sentir culpado.
“Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto. Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não atribui a iniqüidade, e em cujo espírito não há dolo. Enquanto guardei silêncio, consumiram-se os meus ossos pelo meu bramido durante o dia todo. Porque de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; o meu humor se tornou em sequidão de estio. Confessei-te o meu pecado, e a minha iniqüidade não encobri. Disse eu: Confessarei ao Senhor as minhas transgressões; e tu perdoaste a culpa do meu pecado. Pelo que todo aquele é piedoso ore a ti, a tempo de te poder achar; no trasbordar de muitas águas, estas e ele não chegarão.” (Salmos 32,1-6)
Para Homens e Mulheres que vivem neste pecado ou já passou por ele, rezem bastante e faça uma confissão, busque o Senhor enquanto se pode encontrar.
Por fim encerro com esta passagem que irá calar a boca de quem argumenta que "os tempos mudaram". Que a Igreja deve se adaptar ao mundo moderno, deve ser mais liberal nestas questões, pois afinal Jesus veio pregar o amor, e blá blá blá blá blá...
Não julgueis que vim abolir a lei ou os profetas. Não vim para os abolir, mas sim para levá-los à perfeição. Pois em verdade vos digo: passará o céu e a terra, antes que desapareça um jota, um traço da lei. (Mateus 5,17-18)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado suas opniões são muito importantes para nós!