sexta-feira, 12 de junho de 2015

Cardeal Parolin inaugura segunda Igreja Católica em Abu Dabhi

Abu Dhabi (Rádio Vaticano) – Cinquenta anos após a abertura da Igreja de São José, em Abu Dhabi, em 1965, os Emirados Árabes Unidos ganharão sua segunda igreja, desta vez dedicada a São Paulo e construída no Bairro industrial Mussafah. O templo foi inaugurado no dia 11 de junho, na presença do Cardeal Secretário de estado Pietro Parolin.

A cerimônia inaugural foi presidida pelo Sheikh Nahyan bin Mubarak Al Nahyan, Ministro da Juventude, da Cultura e do Desenvolvimento Comunitário dos Emirados Árabes, na presença do Cardeal Secretário de Estado, Pietro Parolin, do Núncio no Kuweit, Bahrein e Catar e Delegado na Península Arábica, Dom Petar Rajic e pelo Vigário para a Arábia Setentrional, Dom Camillo Ballin. Também é esperada a presença do Sheikh Ali Al Hashemi, consultor para os Assuntos religiosos, além de outras autoridades locais. 
 
A bênção da igreja, por sua vez, terá lugar no dia 12 de junho, Solenidade do Sacratíssimo Coração de Jesus, com a participação de cerca de 5 mil fieis da diversificada comunidade católica de Abu Dhabi, formada por imigrantes de várias nações.

Fieis são todos imigrantes

Como em todos os países da Península Arábica, o cuidado pastoral das comunidades de imigrantes representa o coração da missão dos agentes pastorais presentes nos Emirados Árabes. É o país da região com a maior presença cristã, justamente pelo fato de que os estrangeiros imigrantes para trabalhar representam 70% dos 4 milhões de residentes e entre eles, mais da metade é batizada. Somente os católicos – em grande parte filipinos e indianos – giram em torno a 1 milhão.

“Nação global” e diversidade religiosa

A situação da Igreja local é tranquila, graças à política da família real, marcada pelo respeito – também religioso - às diversas comunidades de estrangeiros residentes no território por motivo de trabalho. Uma linha confirmada em outubro passado pelo próprio Xeque Nahyan Bin Mubarack Al Nahyan, por ocasião da inauguração do novo Centro Paroquial da Paróquia de São José, da capital, em que encorajava a comunidade católica a apoiar os Emirados em seu compromisso voltado a desenvolver-se como “nação global”, interessada a cultivar a convivência harmoniosa junto ao crescimento econômico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado suas opniões são muito importantes para nós!